Google Trends: Don’t Follow trends Make them

É comum a todos os profissionais de comunicação (Relações Públicas, Marketing, Publicidade e Jornalismo) a necessidade de estar constantemente atentos a novas tendências e a novos temas-chave que que se destacam diariamente na sociedade online. Para facilitar este processo o Google desenvolveu o Google Trends – uma ferramenta incrível que indica quais foram as palavras-chave ou temas mais procurados e comentados na WWW ao longo de um determinado período de tempo, por categoria e por país.

A página inicial do Google Trends apresenta automaticamente aos visitantes as principais pesquisas realizadas nas últimas 24h e ao percorrer a página esta ferramenta dá-nos ainda acesso a rakings com os temas, assuntos e palavras-chave mais procurados de acordo com o dia da semana em questão, a frequência (quantidade média) de pesquisas e uma imagem referente ao tema.

Categorias

Figura 1 – Página inicial do Google Trends com os temas de destaque e as categorias disponíveis.

Ainda na página inicial é possível definir um termo de pesquisa concreto (basta escrever a palavra ou palavras que se pretende comparar na barra de pesquisa e carregar em “explorar”), de seguida deve ser selecionada a categoria e o país que vão orientar  (e limitar) a pesquisa e o período temporal a analisar (frequência do termo desde 2004 até ao presente). Mais especificamente pode-se condicionar a pesquisa sobre um determinado tema com recurso às seguintes opções:

Todo o mundo – Esta opção permite ver um panorama geral do termo selecionado em todos os países ou selecionar um país específico da lista.

2004-presente – Esta opção condiciona a pesquisa ao período selecionado, podendo ser por dias (últimos 7 dias, 30 dias e 90 dias), meses (últimos 12 meses), anos (selecionar um ano em concreto) ou, ainda, por um período mais especifico (opção “personalizar”) ou mais abrangente de 2004 até ao presente.

Todas as categorias – Esta opção segmenta a investigação ao filtrar os dados através da categoria selecionada pelo interveniente ou recomendado categorias nas quais os temas se poderão inserir para resultados mais fiéis.

Através das opções disponíveis a informação será filtrada e o Google Trends apresentará o tema pedido pelos utilizadores de acordo com o “Interesse ao Longo do tempo” representado através de um gráfico com a frequência em que esse tema foi procurado e em que datas, o “Interesse Regional” que indica em que países a nível mundial esse tema apresenta maior destaque e ainda uma opção de “pesquisas relacionadas” que corresponde a um conjunto de sugestões divididas entre sugestões principais e sugestões crescentes com exemplos de como esse tema ou temas semelhantes foram pesquisados e permite ainda aceder diretamente à página do geral do Google sobre o exemplo dado.

mk vs mjpesquisas lupa

Figura 2 e 3 – Na primeira imagem acima apresentada é possível analisar a discrepância entre a pesquisa do termo Michael Kors e o termo Marc Jacobs – oferecendo ambos artigos similares na área da moda. Pode-se verificar que  o termo Michael Kors beneficiou de um aumento no fluxo de pesquisas a partir de 2011, tendo atingindo o seu pico em 2015. Na segunda imagem, aparece os  principais exemplos de como o termo Mickael Kors foi pesquisado, com destaque para as pesquisas feitas sobre os relógios da marca. O icon (lupa/search) que aparece junto ao tema permite redirecionar os visitantes para a página geral do google que reúne informação sobre o mesmo.

mk valentinesmk natal

Figura 4 e 5 – Um outro exemplo interessante e que pode ser muito útil para os profissionais é perceber se a frequência da pesquisa de um termo está relacionada com uma estação do ano ou época festiva. No caso do Michael Kors, é possível verificar-se que o pico se encontra na semana que antecede o natal e no período do Valentine’s Day, logo, pode-se presumir que existe uma relação direta entre estas épocas festivas e a possível compra de artigos da marca.

Além de um instrumento excelente para compreender a relevância e a frequência de determinados temas ou palavras-chave, o Google Trends permite também aos profissionais criar as suas próprias tendências ao perceber em que temas devem apostar no momento e que temas devem ser revitalizados ou simplesmente esquecidos.

Ao estabelecer um panorama em tempo real sobre as tendências e os comportamentos dos consumidores, os dados obtidos através do Google Trends afirmam-se como informações essenciais para o planeamento de campanhas de comunicação ou para meros bloqueios criativos. Esta ferramenta tem ainda a vantagem de ser gratuita e de fácil utilização.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s